Fala do Presidente

Retomada: Gestão em tempos de incertezas

Fala do Presidente

O ano de 2020 trouxe desafios complexos, inesperados e que exigiram reações imediatas dos gestores das empresas. Não foi diferente em nossas empresas de contabilidade: tivemos que tomar decisões rápidas, sob pressão e até apelar para o improviso. Não tivemos muito tempo para pensar e planejar antes de agir.

Tenho notícias, por exemplo, de colegas que praticamente mantiveram a forma de trabalhar em seus escritórios e outros que modificaram radicalmente suas operações. Em alguns casos, até de forma definitiva. Qual deles tomou a decisão correta, só o tempo vai responder.

O que parece certo, até o presente momento, é que ainda vivemos tempos de muitas incertezas. E é diante desse cenário sem precedentes, que precisamos planejar a retomada e o futuro de nossas empresas de contabilidade. Ah, e não estou falando apenas das incertezas geradas pela pandemia que enfrentamos, pois vem por aí LGPD, Reforma Tributária entre outras novidades.

A fórmula para o enfrentamento disso tudo o caro colega associado provavelmente já conhece bem: análise de cenário, pesquisa de concorrência, planejamento estratégico, definição de metas e avaliação de desempenho. Pronto!

Na teoria, tudo muito simples e objetivo. Mas na prática, no “chão da fábrica”, ou melhor, no dia a dia do nosso escritório, numa atividade tão desafiadora e cheia de responsabilidades como a nossa, tudo fica um pouco mais complicado.

Complicado mas não impossível! Diversas soluções batem à nossa porta todos os dias. Por isso, preciso chamar a atenção novamente para a importância do seu envolvimento e engajamento junto à suas entidades representativas de classe. Além de resilientes, precisamos continuar unidos, como tenho sugerido desde o início de nossa gestão. FENACON, CFC, CRC, SESCON e a própria CONT têm atuado com grande empenho para oferecer serviços e eventos que contribuem para o desenvolvimento e atualização dos profissionais da contabilidade, além da oportuna interação entre as empresas.

Por fim, devo chamar a atenção para a proximidade das Eleições 2020. Sem deixar de lado a importância da Contabilidade Eleitoral para acompanhamento profissional das prestações de contas, atuação tão importante no combate à corrupção, quero convocar toda a classe contábil de Jundiaí e Região, para que façam suas escolhas de forma livre e democrática, mas consciente. Não obstante, nosso perfil de consultor deve dar o exemplo e o eventual apoio à candidatos, deve considerar a devida qualificação e qualidade das propostas e da apresentação dos postulantes aos cargos para o executivo e legislativo municipal.

Espero que você aproveite cada matéria do Boletim que preparamos.

Boa leitura e boa sorte!

Danilo Galvão Acerbi
Presidente CONT

Imprimir